O Ciclo OODA

Ciclo OODA

O que é o ciclo ooda

É uma representação visual de como interagimos interação com o mundo ao nosso redor e de como tomamos decisões.

Objetivo do ciclo ooda

Enfatizar o que está implícito em uma situação, reduzindo o atrito e o tempo que nós levamos para nos adaptarmos a elaespecialmente quando comparados com nossos opositores.

Quem faz o ciclo ooda mais rápido ganha:

  • Certeza;
  • Tranquilidade;
  • Ordem;
  • Coragem; e
  • Estrutura.

Quem faz o ciclo ooda mais rápido que o seu opositor, pode gerar neles:

  • Incerteza;
  • Confusão;
  • Desordem;
  • Pânico; e
  • Caos.

Isso atinge aqueles que fazem o ciclo mais lentamente das seguintes maneiras:

  • Destruindo a coesão;
  • Paralisando; e
  • Gerando o colapso de organizações.

Fazer o ciclo ooda mais rápido que o opositor permite a um indivíduo ou organização mudar uma situação adversa antes que ela se torne um problema.

Transientes

O Ciclo ooda é composto de quatro transientes: Observar, Orientar, Decidir e Agir.

Orientar

Ciclo <span style=

A Orientação é a nossa capacidade intuitiva de avaliar uma situação. Ela molda a Observação, molda a Decisão, molda a Ação, e em retorno é moldada pelo feedback e outros fenômenos que afetam a nossa Observação.

Se nós decidirmos na Orientação que a situação cumpre os prerrequisitos de instruções e controles implícitos (treinamentos ou procedimentos preestabelecidos), nós podemos partir diretamente para a Ação. Se essas instruções e controles implícitos ditarem que nós devemo voltar à Observação, também podemos fazê-lo.

Em outras palavras: a maior parte das decisões deve ser feita intuitivamente a partir da Orientação, por meio de comunicações implícitas — aquelas que adquirimos através de treinamentos e memorização de procedimentos.

Sempre que nós tivermos de discutir o que fazer — com outros ou nós mesmos — o processo será mais lento.

Elementos que afetam a nossa Orientação são os seguintes:

  • Tradições culturais: Todos nós sofremos influências de tradições culturais dos locais que nós nascemos e frequentamos, e nossa Orientação é afetada por essas influências.
  • Experiências anteriores: Todos nós também passamos por muita coisa na vida. Essas experiências afetam nossa Orientação.
  • Herança genética: Nós temos predisposições genéticas a agirmos de uma forma ou de outra. Isso também afeta nossa Orientação.
  • Nova informação: Novas informações chegam a todo momento a partir de nossa Observação.
  • Análise/síntese: A qualidade do nosso processo de Orientação é baseada em quão bem nós conseguimos analisar um conjunto de informações e o sintetizar em um novo paradigma.

Nota: Todos os elementos acima interagem entre si e se afetam mutuamente. No diagrama, uma série de flechas ilustram essa cadeia de relações.

Um exemplo de Orientação

Se você analisar o conceito de “barco” e juntar com o conceito de “motocicleta”, você sintetizará os dois em um outro conceito: o jetski. Essa capacidade de pegar dois conceitos e transformar em um único é o processo de análise/síntese.

Contudo, se você nasceu e morou sempre em um lugar longe de um lago ou do mar, e também não andou ou não gosta de motos, você vai naturalmente ter uma dificuldade maior de chegar a essa síntese, porque está fora da sua realidade cultural e das suas experiências passadas. 

Observar

Para poder agir, você tem de poder observar o que está acontecendo. A Observação costuma levar frações de segundos, pois esse é um processo que muda a cada momento. As fontes de observação são:

  • informações externas;
  • circunstâncias que estão ocorrendo no momento;
  • interação contínua com o ambiente;
  • comunicações implícitas (treinamentos e procedimentos);
  • feedback da Decisão e Ação.

Quando um dos itens acima não pode ser obtido/acessado, ou a nossa atenção fica dividida, a velocidade pela qual um indivíduo passa pelo ciclo ooda é reduzida, e a qualidade das Decisões e Ações é afetada negativamente.

Uma vez que a Observação seja finalizada, a informação segue direto para a Orientação.

Decidir

Com base nas informações da Orientação, é possível tomar uma Decisão. A Decisão pode fluir para dois lados: Ação imediata, ou voltar à Observação caso não haja informação suficiente para uma Decisão.

Como foi dito, comunicações implícitas (treinamentos e procedimentos) eliminam a necessidade de uma Decisão.

Agir

Seja através da Orientação ou da Decisão, eventualmente nós faremos alguma Ação. Essa ação gera um feedback de seus resultados para a Observação, além de ser uma interação contínua com o ambiente — o que também influencia a Observação.

Anúncios

2 comentários sobre “O Ciclo OODA

  1. Caro Rodrigo,

    Por um acaso foi você quem elaborou a imagem do OODA Loop em português? Pergunto, pois gostaria de utilizá-la em futuros trabalhos acadêmicos, com as devidas citações a você e referência ao blog. Uma de minhas áreas de pesquisa é o trabalho de John Boyd no campo da Segurança Internacional.

    Parabéns pelo seu texto e pela iniciativa de divulgar os pensamentos desse autor. Muito bom conhecer pessoas que entendem esse autor de grande importância, mas de pouca referência.

    Abraços,

    João Gabriel
    Graduando em Relações Internacionais UFRGS

    1. Eu adaptei a imagem a partir da apresentação The Essence of Winning and Losing, existente no site http://dnipogo.org/john-r-boyd/.

      Uma apresentação que contém esse ciclo OODA está em http://www.dnipogo.org/richards/boyds_ooda_loop.ppt‎. Infelizmente, eu não lembro de onde tirei a apresentação que fiz minha adaptação, mas era desse site também.

      Como Boyd era funcionário do Governo dos EUA, creio que o trabalho dele é de domínio público. Acho que também era a intenção dele. A minha adaptação pode ser usada por ti livremente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s