Só pra constar

Muitas pessoas, no meu círculo de conhecidos, perderam amigos e parentes nos últimos tempos e isso, junto com uma série de viagens de avião que eu fiz recentemente, me fizeram pensar que eu nunca deixei um recado para as pessoas, no caso de eu morrer. Então eu acho que aqui, num local público, é o melhor lugar para isso.

***

Bom, não é como se fosse uma surpresa.

Sério, não é. Todo mundo morre. E daí que foi mais cedo ou mais tarde? Para todos os efeitos, acho bom que as pessoas sintam minha falta; mas não gostaria que ninguém ficasse paralisado por ter me perdido de seu convívio. Me esforcei muito para incentivar as pessoas a encarar a vida como algo frágil e breve, que não deve ser desperdiçada com dor e sofrimento, mas com a alegria que a memória de bons momentos traz enquanto se anda para frente.

O que eu espero ao menos, durante essa breve vida, é que eu tenha ganhado o teu respeito. Se eu não ganhei em vida, espero ganhar em morte, até pelo que eu escrevi aqui neste blog durante os sei lá quantos anos que ele vai ficar no ar.

Se tu tiver dificuldade de compreender minha filosofia de vida, escute as músicas Parabol/Parabola do Tool, no disco Lateralus. Aquela era a minha filosofia.

***

Agora, coisas mais práticas:

Meu corpo (se sobrou alguma coisa dele) pode ser enterrado, cremado ou doado à ciência. Eu ficaria contente de ter ao menos, antes do enterro/cremação/doação, uma cerimônia conduzida por um sacerdote de qualquer organização religiosa que tenha capacidade para fazê-lo. Eu ficaria muito puto da morte se trouxessem algum vendedor de travesseiro-milagroso-do-sono, caneta-de-passar-no-ENEM para conduzir uma cerimônia tão importante. Ao menos na minha Extrema Unção vocês todos estão proibidos de fazer cagada.

Eu também ficaria muito puto da morte se ninguém soltasse uma piada de humor negro a cada 30 minutos durante o velório. Vão ser puritanos no enterro de vocês.

Meus pertences podem ser reutilizados da melhor maneira possível. Considerando meu guarda-roupas atual, eu fico até meio vexado de passar para alguém, por mais necessitado que seja; e eu sou muito desleixado para deixar uma lista de quem recebe o quê, como o Bilbo fez no seu desaparecimento do Condado, então o bom senso deve prevalecer.

Na dúvida, dê o material de trabalho para quem vem fazendo o melhor trabalho e mostrando resultados. Eu também ficarei puto da morte se eu der uma olhada em como estão as coisas e descobrir que deram meu monitor de 22″ para alguém jogar Tibia e ver pornô. E o primeiro infeliz que colocar funk no meu iPod vai ter um poltergeist na sua casa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s