Google Chrome

Com só um dia de uso, eu já teria muito a falar do Google Chrome. Mas, para ser objetivo, eu gostaria de dizer que, de longe, o que mais me impressionou nesse produto é a tentativa da Google de transformar os webapps em aplicativos realmente utilizáveis por qualquer pessoa no mundo.

Não importa o quão lento o seu computador é. Desde que ele seja capaz de rodar o Google Chrome, o seu webapp favorito, seja o Gmail ou o Zoho Writer terá uma performance melhor do que em qualquer outro navegador do mercado. E isso se converte em produtividade. Produtividade vira dinheiro. Pode parecer bobagem em um país como o nosso, onde toda empresa que se preza utiliza Microsoft Office pirata, mas você já pensou se a fiscalização torna-se mais rígida? O quanto essa performance do navegador pode se tornar a diferença entre a sua capacidade de continuar ou não operando?

O Google Chrome não é um navegador finalizado. Nem de perto. Nem é 100% seguro (hoje foi descoberta uma vulnerabilidade bem perigosa nele). Mas o Chrome não deve ser julgado como navegador. Ele deve ser julgado, sim, como o catalisador de uma mudança fundamental: o foco do desenvolvimento de navegadores deixou de ser a flexibilidade, ou até mesmo a padronização do HTML; agora o foco está em tornar os navegadores drasticamente mais rápidos e simples.

Anúncios

2 comentários sobre “Google Chrome

  1. nossa não sabia sobre essa vulnerabilidade, hehe.
    Por isso que o google lança muito dos seus produtos como beta, eu acredito que eles ja fazem isto para que os próprios usuários descubram falhas para eles. O que não deixa de ser uma boa opnião, mas só porque o software é gratuito tb não precisa vir bugado né.

  2. A vulnerabilidade que eu me referi é a possibilidade de rodar um JS que faz o download automaticamente de um arquivo .exe. Isso é algo que deveria ser previsto, mas não foi. O Firefox avisa quando esse tipo de coisa irá acontecer.

    Quanto ao lançamento dos produtos beta da Google (ou de qualquer outro), eu posso dizer que nenhum usuário deveria esperar qualquer software, beta ou não, vir livre de bugs. Isso nunca acontecerá. Não por má fé ou incompetência, mas porque há muitas variáveis que precisam ser previstas para evitar bugs. A maior variável é chamada “usuário”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s