Tenha um preço

Quem não lê meu site, Tolkien e o Élfico, não deve saber que eu participei do AnimeXtreme 2008 no Colégio Salesiano Dom Bosco, neste último sábado e domingo. Durante o evento, meus colegas de estande e eu pensamos em algumas maneiras de obter um retorno financeiro que pague nossos custos e permita que melhoremos nossa infraestrutura.

Percebemos que muito do que nós precisávamos já estava à nossa frente há muito tempo. As pessoas que vêm ao nosso estande constantemente se maravilham com a obra-prima do meu amigo Eduardo, a sua cota-de-malha de cobre. Para encomenda, ela custa R$ 1.500,00, mas e para experimentar? Para sair em uma foto em uma armadura, quanto você pagaria?

As vezes você tem o produto perfeito, com a capacidade de rentabilizar perfeita. Mas pode passar quatro anos com esse produto em sua frente e, ainda assim, não ver o óbvio.

Observe tudo que você tem em casa, tudo que você tem em seu quarto. Imagine o que alguma outra pessoa pode ou gostaria de fazer com isto. Estabeleça um preço para este “o que”. Um preço que não seja tão caro que ninguém pagará, não tão baixo que não cobrirá seus custos, e nem tão barato que as pessoas achem que é algo corriqueiro e banal — ou pior, uma porcaria!

Muito obrigado ao meu professor Frederico, na FATEC, por frisar isto tantas vezes até que eu percebesse a importância de ter um preço. O meu tempo, e meu esforço valem muito, muito dinheiro. Os de vocês também.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s